Última atualização: 23/02 | R$ 1,00 = R$ 1 | CAD 1,00 = R$ 3,006 | EUR 1,00 = R$ 4,477 | US$ 1,00 = R$ 3,947

Abreutur - Centro

Centro

A história é grandiosa, a cultura única e os cenários fascinantes, tudo isso somado faz com que a zona centro da Espanha seja maravilhosa.
O centro da Espanha inclui a Comunidade de Madri, Castilla-La Mancha, Castilla y Léon e a Extremadura.
A história flui pelas suas paisagens, os monumentos são evidências de um passado grandioso, a cultura é rica e a gastronomia variada, além de ser uma das marcas de identidade de cada província.
Salamanca, Valladolid, Ciudad Real ou Cáceres são cidades que combinam harmoniosamente monumentos, história e cultura.
Salamanca e Valladolid estão localizadas na comunidade autônoma de Castela e Leão ( Castilla y Léon). Salamanca é uma cidade Patrimônio da Humanidade, que abriga importantes monumentos, como o conjunto monumental formado pela Antiga e Nova Catedral, a Casa de las Conchas e a histórica Universidade de Salamanca. Valladolid possui um interessante complexo monumental composto por casas, palácios e edifícios religiosos, dos quais se destaca a inacabada Catedral.
Ciudad Real é uma localidade encantadora pertencente à Comunidade Autónoma de Castela-Mancha (Castilla-La Mancha). Este lugar bucólico tem uma herança monumental significativa, representada por edifícios como a Puerta de Toledo, a Catedral de Santa María del Prado, a igreja de San Pedro e o antigo Casino.
Cáceres, localizada na Comunidade Autônoma da Extremadura, é uma cidade monumental considerada o terceiro Conjunto Monumental Europeu e uma cidade Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.
Apesar de pertencer à comunidade autônoma de Aragão, Saragoça é uma cidade cuja história e patrimônio merecem ser conhecidos e que devido à sua excelente localização está perfeitamente integrada neste conceito de centro.
Formado por cidades antigas, belas e cheias de cultura, o interior da Espanha é um destino maravilhoso que vale a pena conhecer.

 

As paisagens naturais, os vestígios de um passado histórico e os monumentos preservados fazem do centro de Espanha um destino incrível e muito procurado.
O centro da Espanha inclui a Comunidade de Madri, Castela-Mancha, Castela e Leão e Extremadura. Entre as várias cidades encantadoras das diferentes comunidades, algumas foram selecionadas pelo seu patrimônio monumental e por sua relevância histórica.
Em Salamanca é essencial conhecer a Plaza Mayor e o conjunto da catedral. O edifício histórico da Universidade é outro monumento notável em Salamanca, bem como a Casa de las Conchas, o Convento de San Esteban e a Ponte Romana.
Salamanca possui outros pontos de interesse, como o Huerto de Calixto y Melibea, o Museu de Salamanca e o Museu de Art Nouveau Art Déco.
Em Valladolid, o monumento mais notável é a Catedral do século XVI, conhecida como "La Inconclusa". Outros monumentos interessantes desta bela cidade são as igrejas de Santa María la Antigua, Santiago e San Pablo, o Colegio de San Gregorio, a Plaza Mayor, o Campo Grande, a Academia de Cavalaria de Valladolid e os muitos museus espalhados pela cidade, como o Museu Nacional de Escultura Policromada, Museu de Arte Contemporânea Espanhola e a Casa Museu Colón.
Na monumental cidade de Cáceres o patrimônio histórico e arquitetônico são maravilhosos e vale a pena conhecer a Plaza Mayor, a Catedral de Santa María, a Igreja de San Francisco Javier, o Museu de Cáceres, o Museu de História e Cultura Casa Pedrilla e a Casa Museu Guayasamín.
Ciudad Real tem como monumentos mais destacados a Puerta de Toledo, a Catedral de Santa María del Prado, a igreja de San Pedro, o Palacio de la Diputación e o histórico Casino.
Em Saragoça (Aragão) os monumentos principais são a Catedral-Basílica de Nuestra Señora del Pilar, a Catedral del Salvador (La Seo) e o Palacio de la Aljafería. Há também que conhecer o Museu do Teatro de Caesaraugusta.
Visitar estas comunidades é descobrir uma imensidão de lugares maravilhosos que cativam pelas paisagens, cultura e patrimônio histórico-arquitetônico.

A gastronomia de cada cidade é única, no entanto todas as cozinhas são similares na qualidade dos ingredientes utilizados e no delicioso sabor dos seus pratos mais típicos.
Salamanca tem uma cozinha artesanal e os produtos mais destacados são o presunto de Guijuelo, Farinato, a carne de Morucha e o queijo de Hinojosa del Duero. Chanfaina, Patatas Meneás e Calderillo são os pratos mais emblemáticos de Salamanca.
Por sua vez, a cozinha de Valladolid é baseada em assados. O prato é Cochinillo. Outras especialidades de Valladolid são Espargos de Tudela del Duero e Sopa de Ajo.
A cozinha típica de Cáceres tem como pratos mais conhecidos as Migas, Chanfaina, Gazpacho Cacereño e Frite.
Ciudad Real tem como pratos mais caraterísticos Tiznao, Pisto Manchego, Caldereta de Cordero, Sopas Vueltas e Gachas.
De Saragoça são tradicionais as Migas, Magras con tomate, Arroz a la Zaragozana, Pollo al Chilindrón, Bacalao Ajoarriero, Asado Ternasco, Borrajas con Patatas e Lomo a la Saragoçana.
Quando se trata de doces a oferta é extensa e saborosa. De Salamanca são doces típicos os Chochos, Bollo Maimón, Turrón de Alberca, Floretas, Tortilla de Arroz, Rosquillas de Ledesma e Garrapiñadas. De Valladolid são as Rosquillas de Palo, Mariquitas, Roscos de Yema, Bizcochos de Santa Clara (Tordesillas), Almendras Garapiñadas, Bolla de Chicharrones, Arroz con Leche e Mantecados de Portillo. De Cáceres são doces famosos as Perrunillas, Buñuelos de Viento, Rosquillas de Alfajores de Cáceres, Pestiños, Hornazos, Mantecados e Flores Extremeñas. Ciudad Real tem como doçaria típica as Flores Manchegas, Bizcochá, Pestiños e Rosquillas. Em Saragoça sobressaem as Frutas de Aragón, Magdalenas, Tortas e Adoquines del Pilar.
Os vinhos destas províncias são de grande qualidade, como os de Arribes, os vinhos tintos com Denominação de Origem Ribera del Duero, os brancos de Rueda, os rosés com Denominação de Origem Cigales, os vinhos de Cáceres com D.O. Ribera do Guadiana ou os de Saragoça, provenientes de três Denominações de Origem Protegida: Cariñena, Campo de Borja e Calatayud.

O centro da Espanha é freqüentemente chamado de interior da Espanha.
A Comunidade de Madri e Castela- Mancha também formam o centro da Espanha.
Valladolid foi a capital da Espanha duas vezes, a primeira com Carlos I e depois com a ascensão ao trono de Felipe III.
Em 2018 a Universidade de Salamanca celebra 800 anos.
A Vía de la Plata é a antiga rota romana que liga o norte e o sul da Espanha.
Salamanca tem uma forte tradição humanista.
A Semana Santa de Valladolid está declarada de Interesse Turístico Internacional.
O desenho original do projeto da Catedral de Valladolid foi encomendado pelo rei Felipe II ao arquiteto Juan de Herrera e a morte de ambos deixou o templo inacabado.
O Colégio de San Gregorio de Valladolid é a sede principal do Museu Nacional de Escultura.
A famosa Tortilla espanhola teve origem na cidade de Villanueva de la Serena, na Extremadura.
Cáceres foi declarada o terceiro Conjunto Monumental Europeu, depois de Praga e Talim.
Há historiadores que se referem a Trujillo como a primeira capital da Espanha.
Personalidades como Zorrilla e Miguel Delibes nasceram em Valladolid.
Cristóbal Colón e Isabel la Católica morreram em Valladolid.
Salamanca se tornou famosa como exportadora de carnes e enchidos.

Catedral Nueva - Salamanca
Igreja de San Pablo - Valladolid
Salamanca Ciudad Real Caceres Zaragoza Valladolid

Conheça os destinos