Última atualização: 20/04 | R$ 1,00 = R$ 1 | CAD 1,00 = R$ 3,098 | EUR 1,00 = R$ 4,657 | US$ 1,00 = R$ 4,146

Abreutur - Andaluzia

Andaluzia

A Andaluzia é uma comunidade autónoma espanhola composta pelas vibrantes províncias de Almeria, Cádis, Córdoba, Granada, Huelva, Jaén, Málaga e Sevilha, lugares de história, patrimônio monumental, arte, natureza, gastronomia, festa, Flamenco e misticismo.
A paisagem é fascinante, a cultura cativante, os monumentos únicos e em cada esquina, de cada cidade da Andaluzia, se respira uma história local riquíssima.
Nas margens do rio Guadalquivir, Sevilha tem uma história milenar e um precioso patrimônio monumental e artístico que é representado pelos edifícios declarados Patrimônio Mundial pela UNESCO: a Catedral, o Alcázar e o Arquivo das Índias.
Centro cultural durante séculos, onde o desenvolvimento da literatura e da ciência foi fomentado, Córdoba é uma bonita cidade, com uma impressionante herança monumental representada em elementos como a Ponte Romana, o Alcázar dos Reis Cristãos, o Palácio de Viana e a grandiosa Mesquita- Catedral, principal atração da cidade e símbolo da arte hispano-muçulmana dos omíadas.
Capital dos Reinos Muçulmanos Zirida (século XI) e Nasrida (séculos XIII a XV) e reconquistada pelos Reis Católicos no ano de 1492, Granada é um lugar singular, de cultura cativante e monumentos importantes, entre os quais se destaca a fabulosa Alhambra.
A Andaluzia é caraterizada pela influência deixada por civilizações que ao longo dos séculos ocuparam este território, contribuindo para a construção da identidade andaluza. Andaluzia é também sinônimo de flamenco, tradições, festas e gastronomia, responsáveis pela autêntica alma andaluza.

Andaluzia cativa pela diversidade de culturas que se instalaram em seu território ao longo de sua história.
Com um extenso patrimônio monumental e uma cultura única, as províncias da Andaluzia possuem um charme singular.
Cidade milenar, em Sevilha tudo encanta! Começando pelos monumentos listados como Patrimônio Mundial pela UNESCO: a Catedral de Santa Maria da Sé, o Real Alcázar e o Archivo de Indias. Essencial em uma visita a Sevilha é contemplar a grandiosa Plaza de España/Praça de Espanha, que mistura os estilos mudéjar, gótico e renascentista.
A Mesquita-Catedral é o monumento mais importante de Córdoba, uma cidade que foi, durante muitos séculos, um importante centro cultural tendo fomentado o desenvolvimento das ciências e das letras. Outras construções importantes de Córdoba são a Ponte Romana, o Alcázar dos Reis Católicos, o Palácio de Viana e as várias Igrejas Fernandinas espalhadas pela cidade.
Com uma história riquíssima, Granada é uma joia cultural da Andaluzia, na qual a Alhambra se destaca como um símbolo maior.
A Catedral, os bairros de Albaicín e Sacromonte ou o Mirador de San Nicolás são outras atrações de Granada.
Museus e centros de arte, majestosos jardins, ruas e bairros com recantos históricos, uma extensa variedade de celebrações, tradições e costumes, o flamenco ou a gastronomia única de al-Andalus, fazem da Andaluzia um lugar único, com imensas histórias, lendas e lugares a descobrir.

O sucesso das mesas andaluzas se deve à excelência e diversidade de ingredientes que são conjugados de forma hábil e única, resultando assim em pratos deliciosos.
Entre a dieta mediterrânica e a cozinha árabe de al-Andalus, a gastronomia é uma das marcas da identidade andaluza.
Todas as províncias têm um receituário variado e saboroso. Na viagem gastronômica pela Andaluzia a lista de pratos típicos é extensa, apresentando especialidades como Ajoblanco, Gazpacho, Habas fritas con jamón, Flamenquín, Migas, Choto al Ajillo, Rabo de Toro, Pescaíto frito, Salmorejo e Huevos a la Flamenca.
Pestiños, Torrijas, Tortas de aceite, Alfajores, Pionono, Hojaldrina, Gachas dulces, Pastel cordobés, Turrolate, Entornao, Yemas de San Leandro, Bizcochos Marcheneros, Polvorón de Estepa, Mantecados e Roscos de Vino são alguns dos doces protagonistas da doçaria andaluza.
Para acompanhar a saborosa comida, a Andaluzia conta atualmente com 6 Denominações de Origem, entre os quais o Condado de Huelva, Jerez-Xérès-Sherry, Manzanilla – Sanlúcar de Barrameda, Málaga e Montilla – Moriles.
Feita com a sabedoria de suas tradições, a gastronomia da Andaluzia é rica em produtos regionais, como o Azeite de Estepa DOP, Azeite Carmona e Azeitonas Sevilhanas; o Queijo de Ovelha e o Jamón Ibérico do Vale de los Pedroches, Mel de Cañete de las Torres, cogumelos, feijões, espargos e tomate de Córdoba; amêndoas, mel, presunto e salsichas de Granada.
 

O mais antigo mapa andaluz é de meados do século II d.C.
A área que ocupa a Andaluzia corresponde a quase 18% do território espanhol.
O município de Córdoba é o maior da Andaluzia.
Andaluzia é a comunidade autônoma mais populosa da Espanha.
Sevilha é a cidade mais populosa da Andaluzia.
Andaluzia tem quase 400 castelos.
A bandeira andaluza tem o nome de Arbonaida que em árabe significa "verde e branco".
O conjunto monumental da Alhambra foi a residência dos sultões nasridas entre os séculos XIII e XV.
Alhambra significa fortaleza vermelha em árabe.
O Flamenco é atualmente considerado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade e é uma das marcas da Andaluzia.
Federico García Lorca, Velázquez e Picasso são reconhecidos artistas andaluzes.Antonio Banderas, Paz Vega, Joaquín Cortés e Alejandro Sanz são figuras do cinema, dança e música, que nasceram em províncias da Andaluzia.

Trajes de Flamenca
Pueblos Blancos
Huelva Sevilla Córdoba Granada

Conheça os destinos